• E-mail comercial@aleia.com.br
  • WhatsApp (21) 98753-8873

Pirâmide de Necessidades Emocionais

Em tempos de incerteza, complexidade e volatilidade, ficamos expostos a abatimentos emocionais.

A agilidade emocional faz com que nossa mente não se deixe abater por situações de adversidade ou até mesmo fracassos e lidar melhor com todas mudanças que nos cercam, especialmente nos ambientes organizacionais. É assim que o conceito de “Agilidade Emocional” contido no livro de mesmo título de Susan David, Ph.D. se apresenta como um guia prático para a adaptabilidade as transformações que estamos vivendo atualmente.

Adaptando todo conceito à situação atual de enfrentamento de pandemia, incertezas e distanciamento social, @Susan David publicou em seu Instagram ( https://www.instagram.com/susandavid_phd/) a “Pirâmide de Necessidades Emocionais”.

Acredito que buscar entender cada nível desta pirâmide, bem como os conceitos de agilidade emocional associados a cada nível, pode ser de grande auxilio para compreendermos os padrões existentes em nossos comportamentos e nossa maneira de lidar com condições adversas e assim como, perceber a oportunidade de aprendizado e crescimento pessoal.
Assim como a maioria das propostas de desenvolvimento pessoal, a pirâmide possui 7 níveis:

1o Nível - Aceitação Gentil – as coisas são como são
A base está em autoconhecimento e aceitação. Reconhecer os próprios limites e aceitá-los, sendo gentil consigo mesmo.

Entender que sempre existirá situações, fatos, ocorrências, opiniões e comportamentos alheios, que estão fora do nosso controle. Aceitação Gentil, seja para com sigo mesmo, com o outro ou para com aquilo que está fora do nosso controle, é o primeiro passo para nossa tranquilidade interior e para clareza e discernimento das coisas que estão ao nosso redor
2o Nível - Compaixão – Encontre você mesmo e onde você está
Busque o autoconhecimento para saber em que condição você realmente está, aceite sua realidade e tenha compaixão para compreender a situação do outro e seus sentimentos sem autojulgamento.
3o Nível - Rotina - Criar momentos de rotina saudável
Rotina faz parte do nosso dia-a-dia. Mesmo que não nos demos conta, todos possuímos em um certo grau, de forma intencional ou não, nossas próprias rotinas. Nos acostumamos com elas. Quando possuímos rotinas saudáveis, nossa energia se eleva.

Em tempos de distanciamento social o estabelecimento de rotina saudável, pode fazer a diferença para a manutenção de saúde física, emocional, mental e espiritual

Quando nossa rotina de deslocamentos aos escritórios muda e passamos a trabalhar em modelo home office, cabe o exercício de ajustar nossa rotina e acomodando o trabalho com a nossa rotina doméstica e familiar, mantendo horários adequados de alimentação, intervalos para o descanso físico. mental e emocional
4o Nível - Conexão - Distanciamento social e distanciamento emocional
Nutrir relacionamentos utilizando os meios de comunicação disponíveis é uma maneira de manter a conexão com o outro, neutralizando a distância social e a distância emocional.

Talvez, a conexão virtual, ou tele conversas, não venham a substituir totalmente a proximidade entre as pessoas, mas a prática de escuta ativa, nutre relacionamentos reduzindo a sensação de desconforto do distanciamento social
5o Nível - Coragem - fique aberto a emoções difíceis. eles são esperados.
As emoções mais difíceis irão chegar. Sempre existirá um momento de reflexão em que vamos estar diante do desconhecido e é natural que algumas emoções mais difíceis aflorem.

Olhar de frente os sentimentos, significa ter coragem de enfrentar voluntariamente os pensamentos, sentimentos e entender que alguns são válidos e coerentes com o momento ou situação que se está vivendo. E só quando se tem coragem de enfrenta-los, pode se identificar velhas emoções relacionadas a questões que já não mais importam.

Coragem para deixar ir o que não importa e ficar com sua essência, sem medo de ser que realmente é.
6o Nível - Redefinir - Quando o momento passar, quais partes do 'normal' não parecerão mais úteis para você?
O que de fato é relevante? O que foi aprendido? Quando uma situação nos força a “deixar o controle” e a “deixar ir”, o que fica de aprendizado?

Momentos de grande inflexão nos fazem refletir sobre nossas prioridades e entender que as prioridades podem mudar, e talvez já tenham até mudado.

Durante um período de limitação condicionada tal como o distanciamento social, percebemos com mais clareza que existem questões totalmente fora do nosso controle, que simplesmente perdem prioridade.

Quais novas prioridade e quais novos hábitos, comportamentos e atitudes estaremos assumindo para nossa transformação?
7o Nível - Sabedoria - a beleza da vida é inseparável da fragilidade

Tempo de crises, de instabilidade, de perdas, são também momentos de aprendizado sobre a fragilidade da vida. Entender este grau de fragilidade e deixar o controle, é o maior aprendizado.

Ao compreender e percorrer cada nível a pirâmide, podemos identificar sentimentos e apegos que não nos servem mais e conseguir descartá-los. Uma decisão que nos deixa mais leve para seguir em busca de novas experiencia, mais prazerosas.

Elizabeth Borges, PMP
Diretora Aleia
Referencias:
https://www.instagram.com/susandavid_phd/
https://www.instagram.com/p/B--Feouj_qP/?utm_source=ig_web_copy_link
DAVID, Susan, Ph.D.; Agilidade Emocional. Cultrix, 2018